5 dicas de finanças para maquiadores autônomos

As finanças para maquiadores autônomos podem ser um verdadeiro desafio. Isso porque trabalhar com a maquiagem exige investimento praticamente constante, além de configurar um orçamento variável.

finanças para maquiadores autônomos

Logo, é imprescindível que quem trabalhe nessa área consiga organizar melhor a sua renda para alcançar a saúde financeira.

Formalize o seu trabalho

O primeiro passo é formalizar o seu trabalho como Microempreendedor Individual. A formalização garante que você está em dia com todas as tributações do governo, além de garantir direitos que você não teria sem essa certificação de MEI.

Além disso, existem alguns clientes que vão exigir a emissão de nota fiscal. Principalmente se você deseja trabalhar com empresas, como é o caso do ramo editorial, é muito importante que você seja formalizado para conseguir mais trabalhos.

Peça um sinal antes de cada atendimento

Infelizmente, existem muitas pessoas de má fé na maquiagem. Por isso, uma das dicas de finanças para maquiadores autônomos mais importantes é a cobrança de sinal antes do atendimento.

Em alguns casos, clientes marcam o agendamento e não aparecem, se atrasam ou cancelam em cima da hora. Nesse caso, oa maquiadora acaba perdendo o horário que poderia ser de outra cliente.

Então, a cobrança desse sinal garante que você não vai ficar no prejuízo caso encontre uma dessas clientes. O sinal pode ser de 20% do valor ou até mesmo de 50%, no caso de noivas e jobs com a diária completa.

Mantenha sua agenda organizada

Então, chegou a hora de falarmos sobre a sua agenda. Principalmente no começo, pode ser difícil manter seus horários organizados. Caso você trabalhe com atendimento em domicílio, isso é ainda mais complicado. Afinal, você precisa se deslocar entre a casa de uma cliente e outra.

Justamente por isso, é muito importante levar em consideração o tempo que você demora para fazer a maquiagem e para chegar até o local. Dessa forma, será muito mais fácil marcar os horários de acordo com o tempo que você precisa, evitando atrasos que podem fazer com que você perca a cliente e, consequentemente, parte de sua renda.

Crie uma relação de investimento x lucro para precificar seu trabalho

Outra dica de finanças para maquiadores autônomos é precificar o seu trabalho da melhor forma possível. Afinal, trabalhamos com produtos que acabam e precisam ser repostos com frequência.

O que os profissionais costumam fazer é fracionar o preço de um produto para descobrir quanto você gasta em cada atendimento. Vamos supor, por exemplo, que você utiliza a base Studio Fix da MAC, que custa cerca de R$170, e você consegue atender 70 clientes com ela (lembrando que os números são fictícios). Nesse caso, o valor por cliente seria de R$2,40.

Então, você faz o mesmo com os outros produtos – primer, corretivo, batom, máscara de cílios, pó solto. Produtos como iluminadores e paletas de sombra costumam durar muito tempo, então geralmente adicionamos um valor simbólico para eles. Dessa forma, na conta final, você terá uma ideia de quanto gasta com aquela make e poderá adicionar o preço do seu serviço e do lucro em cima do valor obtido.

Essa é a melhor forma de garantir que você está cobrando justo pela maquiagem. Lembre-se de que o seu investimento em cursos e conhecimento também faz parte dessa conta. Por último, considere a média de mercado para garantir que você sempre terá clientes.

Conte com o apoio de planilha e aplicativos

Depois de tudo isso, é hora de realmente organizar o seu orçamento. Felizmente, hoje em dia já temos uma enorme gama de aplicativos que ajudam a controlar nossos ganhos e gastos no cotidiano. Esses apps nos smartphones podem ser muito úteis por serem fáceis de serem utilizados e estarem sempre a apenas um clique de distância.

Planilhas no Excel e Google Sheets também podem ser muito úteis. O importante é que você encontre o que funciona melhor para você e comece a controlar melhor sua vida financeira.